Chagdud Khadro
em Goiânia
8, 9 e 10 de maio de 2017


Chagdud Khadro conheceu Sua Eminência Chagdud Tulku Rinpoche em março de 1978, casou-se com ele em 1979 e foi aluna dedicada até o parinirvana dele, no dia de seu aniversário de casamento, vinte e três anos mais tarde.
Ao ordená-la lama em 1997, Chagdud Rinpoche designou-a para ser a futura diretora espiritual do Chagdud Gonpa Brasil. Na função de lama dirigente após a transição do Rinpoche, Khadro tem se concentrado em dar continuidade ao treinamento Vajraiana de alta qualidade estabelecido por ele.
Durante o tempo vivido com o Rinpoche, Khadro recebeu treinamento constante, que abrangeram desde a organização de atividades do Darma, até os ensinamentos e prática do Vajraiana. Ela colaborou em sua autobiografia O Senhor da Dança e, sob sua orientação, compilou comentários de seus ensinamentos sobre o ngondro do Dudjom Tersar, sobre a prática de powa de Longsal Nyingpo e sobre a versão concisa de Tara Vermelha de Apong Terton. Antiga diretora e editora da Padma Publishing nos Estados Unidos, Khadro editou muitas traduções de obras tibetanas. Após sua mudança para o Brasil com o Rinpoche em 1995, ela passou a trabalhar na publicação de traduções para o português e o espanhol de textos do budismo tibetano.


Programação

Ensinamentos e Iniciação de Tara Vermelha

Tara é o aspecto feminino do Buda, a Mãe dos Vitoriosos. Ela é a corporificação feminina das qualidades do estado búdico, que incluem a clareza, sabedoria e compaixão. Da mesma forma que usamos um espelho para vermos nossa face, a meditação de Tara é um meio para enxergarmos o verdadeiro aspecto de nossa mente.
A iniciação é a cerimônia que nos oferece as bênçãos da linhagem e a autorização para que possamos fazer a prática.

08/05 - 19h30
50,00



Ensinamentos sobre as práticas preliminares do budismo vajrayana, o ngondro
Iniciações de Guru Rinpoche e Vajrasatva

O ngondro é uma das práticas fundamentais do budismo tibetano.
Organizado como uma sequência condensada de práticas de fácil compreensão, ele é considerado preliminar para os ensinamentos mais elevados, apesar de trazer em si a profundidade e o potencial de transformação e de purificação dos mais elevados métodos budistas.
Chagdud Tulku Rinpoche encorajava seus alunos a praticarem o ngondro, tanto pelos benefícios da prática quanto pelo fato de ela ser um pré-requisito para receber os ensinamentos da Grande Perfeição, o pináculo dos ensinamentos do budismo tibetano. Ele também enfatizava a importância do ngondro como um treinamento para todas as práticas de deidade e de Guru Ioga do Vajrayana.

Guru Rinpoche 
Padmasambhava, ou Guru Rinpoche, foi o mestre indiano que introduziu e disseminou o budismo no Tibete no século VIII. Ele também é considerado "o segundo Buda", e suas linhagens e ensinamentos são o cerne da escola Nyingma, que é praticada nos centros do Chagdud Gonpa.
A iniciação de Guru Rinpoche é fundamental para a prática de Guru Ioga, o caminho baseado na conexão entre professor e aluno, que é a essência de muitas outras práticas do budismo tibetano.
Especificamente, essa iniciação é necessária para a prática do ngondro, as preliminares que treinam o aluno nos fundamentos do budismo vajraiana.

Vajrasatva
Um dos métodos mais profundos do budismo tibetano é a purificação e a meditação no Buda Vajrasatva. Segundo Chagdud Rinpoche, "Vajrasatva representa a mente de todos os budas, e 'buda' se refere a um ser completamente livre de falhas e que consumou inteiramente as qualidades puras da natureza absoluta da mente".
Podendo ser praticada tanto no contexto do ngondro quanto como uma liturgia específica, a meditação em Vajrasatva nos ajuda a reconhecer e a liberar nossos padrões negativos mais arraigados e a permitir que as qualidades naturais da mente aflorem espontaneamente.

09/05 - 19h30
50,00



Ensinamentos e Iniciação de Amitaba e Akshobia 

Amitaba
A iluminação se manifesta por meio de incontáveis budas, porém não há aspiração e bênçãos que superem as de Buda Amitaba. Por meio de sua aspiração, ele nos possibilita renascer em sua terra pura de bem-aventurança, onde podemos emanar benefício e compaixão a incontáveis seres sencientes simultaneamente.
Para praticantes do budismo Vajrayana, o meio mais eficaz para alcançar a terra pura de Amitaba é a meditação formal utilizando uma liturgia específica, o que muitas vezes requer uma iniciação.
Chagdud Khadro concederá a iniciação de Amitaba que autoriza a prática da sadhana da linhagem do grande mestre budista Dudjon Lingpa.

Akshobia
Buda Akshobia é a manifestação da sabedoria semelhante ao espelho, que purifica a raiva no espaço e clareza luminosa. A iluminação de Akshobia ocorreu devido a seu voto inabalável de jamais permitir que o ódio ou a raiva surgissem em sua mente.
Através da intenção iluminada do Buda Akshobia, até mesmo os seres que cometeram atos extremamente não-virtuosos - como matar outros seres ou cometer suicídio - podem purificar os resultados cármicos negativos dessas ações e, assim, evitar o renascimento nos reinos inferiores. Casais que fizeram aborto, amigos ou parentes cujos entes queridos tenham cometido suicídio ou morrido em situações desastrosas e de infortúnio e pessoas preocupadas com sua não-virtude acumulada, ou a de outros, em atividades como a caça, a pesca e o extermínio de insetos, podem fazer a prática eles mesmos ou patrocinar um praticante em retiro para fazê-la.

10/05 - 19h30
50,00


Grupo Chagdud Gonpa Goiânia
Rua 1.112, nº 380 - Serrinha
budismogoiania@gmail.com
Página Facebook


INSCRIÇÕES
PEDIMOS CHEGAR COM PELO MENOS MEIA HORA DE ANTECEDÊNCIA
A PONTUALIDADE É FUNDAMENTAL NESTAS ATIVIDADES




Práticas Regulares




Incontáveis seres possam se beneficiar